Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



1 ano.

por Maria Joana Almeida, em 12.02.19

maria luisa 1.jpg

 

 

Aconteceste e foi muito bom. Uma notícia muito feliz.

A mãe assustou-se um pouco. O pai muito.

A mãe não disse nada durante três dias. Estava a pensar.

Estava a pensar naquilo que parecia um milagre e que vinha como um tremor de terra, daqueles que abanam o nosso corpo, especialmente a nossa cabeça.

O pai foi fazer surf no dia em que soube. O mar sempre foi para ele um amigo. Num determinado sítio mais distante da terra, sempre ajudou a encaixar peças mais devagarinho.

A mãe ficou na areia a olhar o mar. O sol também ajuda a encaixar peças.

A barriga foi crescendo assim como o coração que ora aumentava ora encolhia. Estava confuso.

O pai também. O coração dele andava acelerado e a cabeça também.

 

 

A mãe estava bonita diziam. Cabelo forte, pele brilhante, barriga bonita e sorriso gigante.

O pai continuava confuso. A mãe estava diferente.

 

Mexeste pela primeira vez. Era Setembro. A mãe estava sozinha num mês em que o coração estava pequenino. Mas esse dia foi o dia de Setembro em que o coração ficou grande, muito grande. O pai tinha de saber. A mãe gostava de dizer ao pai quando o coração estava muito grande porque ficávamos felizes.

 

Os meses foram passando. Era quase Fevereiro. E tu, estranha criatura (estranha porque não nos conhecíamos ainda) arrancavas muitos sorrisos e algumas noites sem dormir (a barriga já era muito grande).

Ainda na barriga sentiste tudo isto e sentiste muitas peripécias. Sentiste o coração ora grande ora pequeno da mãe. Muitas vozes. Muitos silêncios também…

 

 

No final de janeiro começaste a dar sinal.

 

Dia 11 de Fevereiro a mãe ligou ao pai. O pai era do surf mas também do BTT. O pai arrancou a grande velocidade. Caiu e tudo (está filmado na GoPro) e fomos ao hospital.

Ainda não era. “Vai ser no dia de Carnaval” dizia a enfermeira.

E foi.

 

 

Houve duas Joanas que te ajudaram a nascer e uma médica, a Graça, com antenas de joaninha (porque era Carnaval) que te tirou.

E tu pequena-estranha-criatura-muito-bonita-desde-o-momento-zero, vinhas de olhos bem abertos com a inevitável expressão esbugalhada “O que é isto?”.

Eras uma pequena estranha criatura bonita (estranha porque nos íamos agora finalmente conhecer), muito bonita de cabelo farto e olhos grandes.

E começou a aí outra história. O samba de Maria Luísa.

O coração que passava de grande a pequeno (mas sempre grande) muitas vezes ao dia, durante vários dias, encontrou uma nova forma.

 

 

 És a Maria Luísa a cabeluda, que já tem um ano. Que faz beicinho quando dizemos “não”, que diz “gato” com uma uma total convicção nas duas sílabas, que não aguenta ver o outros comer e ela não, que mais houvesse e comeria. A que não passa sem a fralda no rosto para dormir, que já dorme a noite toda (graças a Deus!) a que abana o corpo e a cabeça ao som da galinha põe o ovo, a que durante meses foi igual ao  velhote do filme UP quando começava a chorar, a que faz as delicias dos avós e a que fez a mãe gostar de cor de rosa e escrever textos como este.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:16


4 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 11.03.2019 às 18:15

Adorei o seu texto. Guarde-o bem para que ela o leia mais tarde. Para quem, como eu, nunca foi mãe, este texto foi uma viagem num mundo paralelo ou passado , senti por momentos que já fui mãe :-) . Vou partilhar no facebook.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 24.04.2019 às 14:09

Obrigada😘
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 11.03.2019 às 18:21

Tem o blogue bloqueado no face. Já me aconteceu. Tem sido em cadeia, desde que o blogue de Guinote foi bloqueado.Vá à página de ajuda do facebook e aparecem artigos de ajuda que nada ajudam , mas no fim perguntam se o artigo ajudou, responde-se que não depois escolhe-se "outro" e há uma caixa onde podemos escrever. Eu fiz isso. Também fui ao editor de publicações e, um por um, fui carregando no botão "isto não é spam".
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 24.04.2019 às 10:43

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D